quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Coisas boas! Coisas ruins!

A internet está repleta de coisas boas circulando. Na mesma proporção, temos coisas medonhas circulando por aí. Dia desses recebi um e-mail com um texto mal escrito e sem autoria. Não me contive. Tive que tecer alguns comentários sobre o mesmo respondendo à pessoa que me enviou.

Replico aqui o texto que me foi enviado e abaixo meus comentários sobre o mesmo:

"ESTOU REPASSANDO PODE SER DE SEU INTERESSE
SE NÃO FOR NÃO TEM PROBLEMA VC NÃO FICARÁ MAIS POBRE
NEM MAIS RICO MAIS JÁ ESTÁ INFORMADO, AFINAL ELA DISSE QUE NEM JESUS CRISTO
TIRA A PRESIDENTE SERÁ???? LEIA O TEXTO.
Informação. Espalha pra geral do seu orkut.
BOMBA: MOVIMENTO NÃO VOTE EM DILMA!!!
SÓ PRA VC COMO CRENTE OU CATOLICO FICAR COM A CONSCIÊNCIA
TRANQUILA.... A DILMA APROVARÁ A LEI DO ABORTO E DO CASAMENTO GAY JÁ
DECLARADO POR ELA MESMA. E O MAIS INTERESSANTE QUE EU NÃO SABIA E NÃO
HAVIA REPARADO... VCS SABEM O NOME DO VICE DA DILMA? MICHEL TEMER!
ISSO TE LEMBRA ALGO? É ELE MESMO O PAI DE DANIEL MASTRAL O GRANDE CABEÇA DOS SATANISTAS...


INFORMAÇÕES DIVULGARAM QUE A PRESIDENTE SERÁ ELEITA, NÃO TEM JEITO,
PORÉM VC COM CONHECIMENTO E SABEDORIA, FILHO DE
DEUS, NÃO VOTE NELA, OS SATANISTAS JÁ PREPEARAM TUDO... A PRESIDENTE
POSSUI UM CÂNCER ADORMECIDO E DENTRO DO ANO DO SEU LEGADO O DIABO A
FERIRÁ E ELA FICARÁ TERRIVELMENTE DOENTE, TALVEZ, VINDO ATÉ A FALECER E, QUEM ASSUMIRÁ O PODER? O VICE MICHEL TEMER.... FIQUE LIGADO!


A INTENSÃO DO DIABO É DOMINAR TODO TERRITÓRIO BRASILEIRO LIBERANDO POTESTADES E PRINCIPADOS NO AR,TERRA E MAR.
É HORA DE NOS LEVANTARMOS COMO FILHOS DE DEUS.
CUIDADO COM O SEU VOTO, NÃO O JOGUE NAS MÃOS DE UM INSTRUMENTO DO NOSSO ADVERSARIO.
Dilma aprovará leis que prejudicarão a pregação da Palavra de Deus, como:

Fica proibido fazer:
· Cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)
· Programas evangélicos na televisão por mais de uma hora por dia.
· Programa de rádio ou televisão, quem não possuir faculdade de 'jornalismo'.
· Pregar sobre dízimos e ofertas, havendo reclamações, obreiros serão presos.

Quanto aos cultos:
· Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional)
· As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
·Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e
idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.
·Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela


Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão
direito de se defender por meio de ação judicial.
Se estabeleça:
·O dia do “Orgulho Gay” e que seja oficializado em todas as cidades
brasileiras e comemorado nas Instituições de Ensino Fundamental
(primeira a 8ª série), público e particular.
· Que as Igrejas que se negarem a realização das solenidades dos casamentos de homem com homem
e de mulher com mulher, estarão fazendo “discriminação”, seja multadas
e seus pastores processados criminalmente por descriminação e
desobediência civil.
REPASSE ISSO! É UM ALERTA QUE TODOS PRECISAM SABER
vote consiente"


Minha resposta a essa pessoa:

"Este é um tipo de texto sem sentido para mim.

Nem tudo o que lemos devemos tomar como verdade.
Vamos refletir sobre alguns trechos desse texto...

Primeiro: Se a Dilma aprovar a lei do aborto e do casamento gay nossa sociedade dará um passo adiante.
Primeiro porque o aborto é uma questão de saúde pública. Mesmo com a proibição, há milhares de clínicas cladestinas que matam milhares de mulheres todo o ano. A legalização do aborto diminuiria esse problema. Além do que, a mulher deve ter direito sobre seu próprio corpo. Isso diminuiria o número de crianças abandonadas. Essas que vivem nas ruas usando drogas e roubando, porque as mães não queriam ou não podiam ter filhos.
 Segundo: O casamento gay deve ser liberado porque estamos em pleno século XXI e a nossa sociedade deve deixar para trás o preconceito que durante séculos os manteve à margem da sociedade. Ser gay não é doença e não deveria ser o problema maior da nossa sociedade. Sempre existiram gays. Na Grécia e na Roma antigas, eles eram declarados e não havia discriminação nem preconceito contra eles. Os gays são cidadãos produtivos e não deixarão de ser gays porque a sociedade não os aceita ou não autoriza a legalização da união entre eles. Que diferença faz autorizar oou não o casamento gay? Eles já tem os mesmos direitos civis quando a relação é estável.

Terceiro: Se o vice da Dilma é pai do satanista Daniel, ele (o pai) pode não ser. Nem todo pai de traficante, trafica. Nem toda mãe de prostituta vende sexo. E esse negócio de satã não existe. Se o satã vai dominar porque a Dilma vai ser presidenta, quem é o responsável por todos esses escândalos políticos que vem sendo divulgados pela imprensa há alguns anos? Se for assim, o satãn já está no poder há muito tempo. E se o tal vice for satanista também, o que ele poderá fazer contra a sociedade brasileira? Será que tem como ficar pior?? Ele vai fazer aquela palhaçada de rituais ridículos e sem sentido nenhum e vai amaldiçoar a nossa nação? É isso?? Não vejo sentido nisso.


As proibições ao final do texto foram tiradas de onde? Quem escreveu este texto? Por que não foi assinado?? Como sabemos que haverão estas proibições todas? Quem disse?Quano? Onde?


Sabemos que muitas igrejas se aproveitam da fé do desesperado e que prometem um pedacinho do céu em troca de uma porcentagem do seu mísero salário. É certo isso? Pra manter o templo de Deus? Ou sustentar os luxos dos pastores e padres que se beneficiam da boa fé dos ignorantes? Agora o Papa está cobrando missa. Desde quando teve que se pagar pra receber a bênção do nosso Deus todo poderoso? Agora tem que pagar ingresso pra entrar na casa do Senhor. Logo os evangélicos vão aderir a essa nova regra.


Eu me pergunto cadê Deus que não joga um raio na cabeça de quem está usando seu nome e fazendo isso?


E para terminar, quero dizer que nem sou a favor da Dilma.


Não quero que ela seja eleita. Mas acredito que a pessoa que escreveu isso tudo usou de argumentos muito fracos e ilógicos para defender seu pondo de vista. Vê-se nesse texto o preconceito, a intolerância e a discriminação, ainda arraigados em nossa sociedade. Vê-se também a falta de argumentos inteligentes e lógicos quando se introduz a religião ( seja ela qual for) como ponto de partida para o debate político.


Desde sempre a religião esteve envolvida nos jogos de poder, nos acordos políticos, econômicos e nos conflitos e guerras. Basta ler um pouco sobre a História da Humanidade. A religião prega uma coisa e faz outra. Ela (a religião de modo geral) fica do lado do mais fraco para tirar proveito dele. Como diz meu marido, com quem eu concordo plenamente, o grande mal do mundo são as religiões, que dominam e controlam os indivíduos pelo medo e pelo terror psicológico.


Vamos votar consciente sim, mas por outras razões.


Nenhum outro mal estará por vir, que seja pior do que este que já está. A não ser a censura que poderia deixar nossa sociedade mais alienada e paralisada do que já é."

Um comentário:

  1. O povo brasileiro em raro momento político, acampou diante de televisores e computadores, em mais uma mobilização contra a improbidade administrativa pública e corrupção endêmica no Brasil. Depositou esperanças na corte suprema de justiça do país, para ter a confirmação da vontade soberana, mas o que se viu, foi, ministros digladiando ferozmente com seus colegas, numa espécie de arena de vaidades fomentadas por competição surda de teste de memória sobre julgamentos passados.

    O STF passou a imagem para população de que seus ministros, mais possuem capacidade de repulsão do que coesão.

    Os debates foram de pouco convencimento, pois deles desprendeu o desejo particular, não de julgar o mérito de um questionamento da nação, mas sim, de contrariar o parceiro de julgamento.

    O presidente do STF ficou longe de demonstrar liderança, bem o disse meu vizinho, "ele parece um insuflador de discórdia".

    O pedreiro assentando os tijolos e deveras muito interessado no resultado sobre o caso Roriz, perguntava-me durante o julgamento, como estavam os debates. Disse-me que gostaria de ter estudado para poder entender melhor os assuntos jurídicos.

    Quando lho disse da discussão em voga, se a lei "Ficha Limpa" era válida ou não, ele num ato reflexo, parou instantaneamente o assentamento de tijolos, colocou a ponta da colher de pedreiro na lateral da cabeça dele, num gesto pensativo, demonstrando total incredulidade, indagou com a objetividade dos acostumados a aplicar o prumo para que uma parede não seja construída torta: "mas o assunto não é outro? Não era este julgamento que ia decidir se quem renunciou ao cargo de senador, desistiu para não ser processado por erros cometidos e temer não poder mais se candidatar?"

    Raciocínio brilhante daquele pedreiro.

    Eu sou piloto de avião há 30 anos e como instrutor de voo em aviões à jato, tento incutir nos meus alunos que quanto maior a velocidade desempenhada por uma aeronave, menos tempo eles terão para solucionar panes, portanto é imperioso o piloto novato ou antigo, repetir mentalmente o mantra: "não deixe a emergência o distrair".

    A "emergência" pegou de chofre os ministros do STF, e eles deixaram escoar os escassos segundos para decidirem o que é prioritário na demanda e a distração grassou, numa espécie de digressão jamais vista num tribunal.

    Minha mente ficou impregnada com a cena do ministro novato, rodopiando uma caneta, mostrando um semblante de insegurança ao solicitar vistas do processo. A cena revista e analisada por mim dezenas de vezes (gravada no computador) não deixou dúvida, a solicitação daquele ministro pareceu calcada num script cinematográfico, ou seja, tinha sido estipulada por algum diretor de marketing dentro do STF.

    Não houve espontaneidade. O rodopiar frenético da caneta, denunciou o grau de nervosismo. Ele agiu como um "garoto birrento". Deveriam pelo menos ter ensaiado tal cena. Foi grotesca.

    O desserviço que o STF prestou a nação brasileira neste julgamento ficará gravado num DVD, para que no futuro eu mostre para meus netos, o momento que o país perdeu a oportunidade de interromper em definitivo o culto político à corrupção. Levar o julgamento a um EMPATE de votos, provocou o mal maior, do qual o paciente, nação brasileira, demorará décadas para se restabelecer da demonstrada tão pouca proteção de cidadania por parte daqueles que esbravejam serem os guardiões da Carta Magna do país.

    O EMPATE, não mostrou aos brasileiros, que estamos à mercê do livre arbítrio, mas sim, ensinou à nação, que não temos metas e prevalece o instinto bestial do "salve-se quem puder".

    Carta que eu enviei para o Ouvidor do STF.
    George Rocha

    Juli, obrigado pelo elogio e pela visita ao blog Aviation Troubleshooting.

    ResponderExcluir